Grávida, funcionária da Vale morre atingida por disparo de assaltante

CANAÃ DOS CARAJÁS
Edna Diniz Torres, 34 anos, estava em trabalho de parto e saiu da Vila Planalto para dar à luz no Hospital 5 de Outubro. Ao reduzir a velocidade para passar em quebra-mola, carro foi atingido por disparos. Mãe veio a óbito, mas criança foi salva por equipe médica

A funcionária da mineradora Vale, Edna Diniz Torres, de 34 anos, morreu nesta sexta-feira (14) em Canaã dos Carajás. A mulher, que estava grávida de 9 meses e era moradora da Vila Planalto, entrou em trabalho de parto e deixou a sua casa com destino ao Hospital 5 de Outubro, na zona urbana de Canaã.

Ao se aproximar da entrada da cidade, o carro em que Edna estava precisou reduzir a velocidade para passar em um quebra-mola. Neste momento, dois assaltantes em uma moto surpreenderam os ocupantes do veículo e dispararam contra o carro. O motorista saiu em disparada do local, mas Edna acabou atingida pelo disparo.

A mulher chegou ao hospital com vida, mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito na mesa de cirurgia. A equipe médica conseguiu fazer o parto e a criança nasceu com saúde.

Ainda não há informações sobre os autores do disparo que tirou a vida da mãe de família. Edna era casada e mãe de três filhos, sendo o bebê que veio o mundo o quarto.

Ajude a manter o Site no Ar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *