Cadáver encontrado em córrego é de jovem de apenas 16 anos

Luis Carlos Pereira dos Santos Júnior foi encontrado em um córrego na PA-160, com as mãos amarradas para trás e uma perfuração na nuca, provavelmente de arma de fogo

Um fato macabro aconteceu nesta segunda-feira (8), em um córrego entre Parauapebas e Canaã dos Carajás: um corpo surgiu boiando nas águas. O surgimento causou um tumulto de pessoas na ponte e uma fila de veículos acabou se formando ao longo da rodovia PA-160.

Na noite do mesmo dia, a Polícia conseguiu identificar que o corpo era de Luis Carlos Pereira dos Santos Junior, de apenas 16 anos. O jovem estava com as mãos amarradas para trás e tinha na nuca um ferimento que, provavelmente, era de um tiro de arma de fogo.

o repórter Caetano Silva falou com a mãe do jovem, a senhora Cleusa Rodrigues da Silva, de 43 anos. Ela explicou que já não via o filho há oito dias. “A última vez que vi ele na última segunda-feira [1]. Eu estava me mudando da zona rural para a cidade e fiquei esses dias sem ver ele. Então, quando foi na sexta, minhas filhas, irmãs dele, avisaram que o viram pela última vez.”

Cleusa falou sobre o filho. “Eu fiz o boletim que o meu filho tinha desaparecido, mas ainda não sabia do corpo que tinham encontrado boiando. Continuei buscando informações até que um policial me mostrou uma foto do rapaz que foi encontrado boiando; o reconheci pela tatuagem. Eu sabia que ele estava envolvido com coisa errada e a família toda já tinha dado conselho pra ele.”

A Polícia ainda não tem pistas, mas já investiga a causa e os autores do bárbaro crime de execução.

(Com informações de Caetano Silva)

Post Author: Israel Morais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *