Em Parauapebas, vigilante escolar é executado a caminho de casa

A Polícia busca informações que possam levar ao paradeiro dos executores do vigia escolar Gutemberg Castro dos Santos, 33 anos de idade, casado, pai de duas crianças e assassinado com 05 tiros de pistola calibre ponto 40.

O crime aconteceu por volta das 18h desta quarta-feira (6), quando o
trabalhador trafegava em sua motocicleta do trabalho, no Cedere I, para sua residência no assentamento Boa Esperança, antiga fazenda Juazeiro, zona rural de Parauapebas.

De acordo com o sargento PM M. Silva, minutos antes do ocorrido, dois indivíduos em um veículo vermelho estiveram na residência da vítima procurando por ela. Como não havia chegado do trabalho, a dupla suspeita do assassinato deixou a residência e instantes depois foi vista na estrada executando o vigilante.

Ninguém soube dizer o conteúdo da discussão, porém informações dão conta que mais cedo os supostos autores da execução teriam tentado entrar a força na escola onde a vitima trabalha. Ele teria impedido e por isso a dupla teria batido no ombro de Gutemberg e dito: “Tu vai me pagar”. Horas mais tarde, o vigilante escolar foi morto.

“Os indivíduos estariam em um carro vermelho. As pessoas não souberam dizer com precisão qual modelo era. Alguns vizinhos do trevo onde aconteceu a execução escutaram os disparos e avistaram o veículos deixando o local. Porém, também não sabem afirmar com precisão que tipo de carro seria e nem tão pouco a placa”, ressaltou o policial.

A policia coloca a disposição os números para quem souber de alguma coisa e queira denunciar: (94) 992645348 ou 98402 9995. Sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

(Caetano Silva)

Post Author: Israel Morais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *