Em Canaã, casa pega fogo e irmã mais velha salva os irmãos da morte

Mãe saiu para trabalhar e deixou os três filhos em casa. Na hora do incêndio, a menina de 10 anos subiu o beliche com um bebê de colo e destelhou a casa para fugir das chamas

Por volta das 18h deste domingo (10), uma tragédia foi evitado pelo improvável heroísmo de uma criança de 10 anos. Sozinha em casa com os dois irmãos menores, Ingrid percebeu que a sua casa estava em chamas. A mãe havia saído para o trabalho e deixado os três trancados. Em meio ao desespero, a garota tomou a irmã menor, um bebê de colo, em seus braços, escalou o beliche, retirou algumas telhas e fugiu por cima da casa.

Do alto, a menina gritou por socorro e foi ouvida por seus vizinhos. Em uma ação conjunta e igualmente heroica, os moradores da redondeza derrubaram o portão e a porta da casa. As chamas já estavam altas e, com esforço mútuo, os moradores conseguiram apaga-las. Só então, os três irmãos se viram a salvo de uma quase tragédia.

O caso aconteceu na avenida Minas Gerais e uma multidão se aglomerou para saber mais sobre o ocorrido. Ainda não se tem informações sobre as causas do incidente, mas é possível que tudo tenha acontecido por conta de uma brincadeira das três crianças, visto que é possível ver alguns papeis queimados no chão e um colchão.

Os bombeiros foram acionados, mas quando chegaram ao local as chamas já estavam controladas. O sargento Cortês, à frente da operação, falou sobre o caso. “As informações são de que as crianças estavam brincando com o colchão, papéis ali na sala e acabaram ateando fogo no colchão. Foi uma intervenção precisa da vizinhança que controlou as chamas, fez o contato conosco e conseguiu evitar o pior. É preciso ter cuidado redobrado com as crianças. A mais velha tem só 10 anos, o outro apenas quatro e ainda tinha um bebê de colo. A menina é realmente bastante corajosa.”

Até o fechamento desta reportagem, a mãe ainda não havia retornado do trabalho.

Post Author: Israel Morais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *