PM previne assalto em bancos e prende suspeitos

Três homens foram detidos e apresentados na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas pelo Grupo Tático Operacional (GTO), suspeitos de estarem realizando levantamento para possível ação criminosa em agências bancárias da cidade.

A detenção do trio se deu por volta das 13h30, de quarta-feira (5), na rotatória da PA-275 com Avenida dos Pés, nas imediações do Shopping, e aconteceu após denúncia feita ao Centro de Controle e Operações (CCO) da Polícia Militar, dando conta que três indivíduos em um veículo Golf, cor preta, teriam sido vistos tirando fotos das agências. Ainda segundo a denúncia por várias vezes os suspeitos foram vistos nas imediações dos bancos do Brasil, Bradesco, Santander e em dois grandes supermercados atacadistas da cidade.

Na abordagem aos suspeitos e revista no veículo, a polícia não encontrou nenhuma arma, entretanto não descartou a hipótese dos três homens estarem a serviço do bando de ladrões de bancos que vem agindo na região e por isso os mesmos foram detidos e apresentados na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, onde foram ouvidos em depoimento.

“Nos recebemos a informação de que três indivíduos estavam fazendo levantamento para possível assalto nas instituições financeiras e também em dois grandes estabelecimentos comerciais da cidade. Então, os abordamos e os apresentamos na delegacia para procedimentos cabíveis” ressaltou o sargento PM F. Ricardo.

Além do veículo com placa de Marabá, a polícia apreendeu mais de três mil reais em espécie dos suspeitos.

Logo após a apresentação do trio, policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), que se encontra na região de Canaã dos Carajás investigando o assalto às agência daquela cidade, estiveram em Parauapebas para interrogar os suspeitos, porém nada conseguiram referente a assaltos a banco.

Entretanto, de acordo com o delegado Dufrae Abade, um dos apresentados ficou preso em virtude de um mandado de prisão preventiva oriundo de São Luís (MA), em aberto em nome de Jhon Wesley Maciel Celestino, 27 anos de idade. O mesmo ficou recolhido à disposição da justiça.

Ainda segundo o delegado, em depoimento, um dos detidos teria confessado que estavam na cidade para cometer furtos em veículos, todavia como os mesmos não foram presos em flagrante de delito, apenas Jhon Wesley ficou preso mediante o mandato de prisão. Após serem ouvidos pelo delegado, os outros dois suspeitos e o veículo foram liberados.

(Caetano Silva)

Post Author: Israel Morais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *