Meia dúzia de munícipes comparece à audiência pública para debate LDO em Canaã


Os comentários  nas redes sociais são  grandes, mas na hora de sugerir em que aplicar os mais de R$ 300 milhões para 2019, população praticamente não comparece




Tudo aconteceu conforme o protocolo: o planejamento da Prefeitura de Canaã dos Carajás elaborou os gráficos de previsão de orçamento para 2019, realizou comparativo em relação aos anos anteriores e mandou para a Câmara Municipal o demonstrativo pronto. Após o envio do documento, os vereadores convocaram a população local para uma audiência pública. O objetivo do ato é debater, como em todos os anos, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO); na ocasião, o ano de orçamento em debate era 2019.


No entanto, o que se viu foi um verdadeiro descaso da população. Poucas pessoas compareceram à Câmara Municipal na noite desta quinta-feira (7) para sugerir investimentos para o município e colaborar com o Governo Municipal no planejamento para 2019. Na contramão das conversinhas em redes sociais, grandes questionadores não compareceram ao local pra contribuir com os seus pensamentos.

O vereador Dionísio Coutinho (PSC) lamentou a ausência da comunidade. “Temos hoje poucas pessoas aqui para debater esse importante passo para o planejamento econômico do município. É lamentável que a comunidade não se envolva no debate financeiro.”

A advogada Roberta Sfair também falou sobre a ausência da população. “Seria muito importante que mais pessoas estivessem aqui participando, ouvindo e questionando o orçamento municipal. É realmente uma pena que as pessoas não tenham vindo.” A jurista, por sinal, foi uma das poucas pessoas a usar a tribuna. Na oportunidade, ela questionou o incentivo do governo ao empresariado local.”

Presente no evento, o prefeito Jeová Andrade lembrou que o município tem prioridades de investimento. “A nossa meta é investir cada vez mais em saúde, educação, infraestrutura e também na geração de emprego e renda.” Respondendo ao questionamento da advogada, o prefeito destacou o apoio que o Fundo de Desenvolvimento Econômico dará ao empreendedor local. “Teremos esse grande fundo disponível para financiar a geração de emprego e renda no município. Acredito que é um grande passo.”

Na audiência, a previsão inicial do governo foi mostrada à população. Em receita para 2019,estão previstos R$ 351.518.188,30, valor maior que o de 2018. Após a discussão da LDO, o planejamento da Prefeitura vai elaborar agora a Lei Orçamentária Anual (LOA).



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.