Barbaridade e mistério: homens são executados em condomínio


Polícia Civil investiga assassinatos de dois jovens. Um dos executados já foi identificado

foto site Parazão tem de Tudo

Um assassinato duplo chocou a sociedade nesta terça-feira (12). Enquanto a maioria das pessoas comemorava o dia dos namorados, em paz, em casa, criminosos matavam a sangue frio dois jovens na cidade de Parauapebas. O crime aconteceu no bairro Cidade Jardim, de acordo com testemunhas, por volta das 23h.


Segundo o relato, no horário informado ouviu-se o barulho de pessoas pulando o muro do condomínio, de uma porta sendo arrombada e sucessivos disparados de arma de fogo. A saraivada de balas apavorou os moradores do local e absolutamente ninguém quis falar com a imprensa sobre o ocorrido.

Logo depois, a Polícia informada do acontecido e, ao chegar no local, constatou que os dois jovens estavam liquidados. Por lá, balas e cápsulas de pistola 380 foram encontradas. Além disso, a Polícia também achou três barras de maconha prensada.

Paulo Henrique Moreira da Silva, de 25 anos, foi o primeiro a ser identificado. O jovem era traficante e já tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. O jovem esteve preso, inclusive, há 20 dias e relatou que sofria ameaças.

A Polícia já investiga as causas do crime.

fonte : Parazão tem de tudo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.