Ex-presidente da OAB-PA faz palestra em Canaã dos Carajás


Jarbas Vasconcelos é atualmente conselheiro da entidade e pré-candidato ao senado pelo Partido Verde. Em sua fala, o advogado reforçou a necessidade de mais desenvolvimento e autonomia para o Pará




Jarbas Vasconcelos é um especialista em direito com notória carreira e reconhecimento em todo o estado do Pará. Em caravana por várias cidades da região, Jarbas tem levado a mensagem da necessidade de mais autonomia e desenvolvimento para o estado. Jarbas é ex-presidente da OAB-PA e atual conselheiro da entidade. Na noite desta quarta-feira (4), o especialista fez uma palestra na Câmara Municipal de Canaã dos Carajás. Na ocasião, a sociedade civil compareceu à Casa de Leis para acompanhar de perto as ideias trazidas pelo advogado.


Segundo Jarbas, os dados oficiais têm mostrado, ao longo do tempo, que o Pará não consegue captar investimentos de qualidade, baseados em matrizes produtivas de alta tecnologia, técnicas específicas e boas remunerações, respeitando o meio ambiente. Segundo ele, o estado carece de logísticas de infraestrutura, universidades que formem técnicos cientistas e um centro de pesquisa de grande relevância.



De acordo com o conselheiro da OAB, é necessária uma conscientização dos cidadãos e dos políticos para que haja uma consciência da impossibilidade de se discutir política sem planos de governo adequados e projetos eficientes.

O principal objetivo da palestra trazida por Jarbas à Terra Prometida é apresentar um ponto de vista político mais amplo. Segundo o advogado, um consenso entre os partidos sobre o que é fundamental para o crescimento do país é o debate mais importante no momento. Ainda em sua fala, o conselheiro trouxe uma reflexão sobre a autonomia do estado: “O Pará é um dos estados mais ricos do Brasil, mas as nossas riquezas não nos pertencem. A Amazônia não é dona de suas riquezas e precisamos repensar isso.”



Pré-candidato ao senado, Vasconcelos se filiou recentemente ao Partido Verde. De acordo com ele, a criação de uma agenda federativa comum a todos os partidos e movimentos sociais é necessária no atual momento.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.