Em Parauapebas, ‘pai’ é preso acusado de estuprar e engravidar a filha de 14 anos

Estupro de vulnerável Incesto monstruosidade NOTÍCIAS Pai e filha Parauapebas

Neto de um ano e meio pode, também, ser filho legítimo do acusado. A monstruosidade de Jonas foi revelada quando a Polícia foi até a sua casa averiguar uma denúncia da venda ilegal de combustíveis

Um monstruoso caso de estupro de vulnerável, aliado a incesto, chocou a população de Parauapebas na manhã desta segunda-feira (30). Após receber uma denúncia de que Jonas Gomes de Sousa, de 58 anos, estava comercializando combustível de forma irregular na região de Tapete Verde, zona rural do município, a Polícia Civil descobriu uma história ainda mais lamentável e macabra na localidade.
Ao chegar na casa de Jonas, a ilegalidade de comércio de combustível foi logo constatada. Junto coma confirmação do crime, uma informação chegou até os policiais de que o homem mantinha relações sexuais com a própria filha e seria, inclusive, pai do filho dela, seu neto, de apenas um ano e cinco meses.
Combustível encontrado
Segundo o investigador João André Bispo, a jovem, que agora possui 15 anos, ficou grávida aos 14. O exame de DNA da criança já foi solicitado para saber se Jonas é, de fato, o pai do próprio neto. Caso seja confirmada a paternidade, o acusado responderá pelo comércio irregular de combustíveis e também por estupro de vulnerável.
De acordo com informações da Polícia Civil, o acusado não quis comentar o caso. A esposa de Jonas, por sua vez, comentou o acontecido e disse não saber de nada sobre a questão e que, caso soubesse, seria a primeira a fazer a denúncia. 

Fotos: Polícia Civil

Com informações do Correio de Carajás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *