OZ Minerals lança proposta para comprar mineradora Avanco e deve gerar mais de 400 empregos em Água Azul do Norte





A proposta foi lançada no início da semana pela mineradora australiana. Com a compra , a Oz deve controlar projeto Pedra Branca em Água Azul





Uma semana para lá de movimentada para a mineração no mundo e no estado do Pará. A Avanco Resources, empresa responsável pela exploração do minério de cobre e ouro em várias cidades em todo o mundo, incluindo Curionópolis e, em breve, Água Azul do Norte, recebeu uma proposta da mineradora australiana Oz Minerals. A informação é do site Brasil Mineral e dá conta que a oferta pelas ações da companhia foi de 440 milhões de dólares australianos.

Segundo o Brasil Mineral, os conselheiros da Avanco aceitaram a proposta. Com a transação, a maior empresa de exploração de cobre da Austrália chega ao Brasil com mais de 700 milhões de dólares australianos para investir nos projetos adquiridos e fazer pesquisas. Segundo o diretor da Avanco, Luis Mauricio Azevedo, essa é a entrada mais significativa no mercado de cobre do Brasil nos últimos 20 anos.

Pouco conhecida por aqui, a Oz Minerals tem base em seu país de origem e detém uma mina de cobre-ouro-prata em Proeminent Hill e desenvolve atualmente um projeto em Carrapateena, local em que existem os maiores recursos de cobre-ouro da Austrália.

Assumindo o lugar da Avanco, a Oz Minerals será a responsável por conduzir as operações no projeto Pedra Branca, em Água Azul do Norte. Segundo a Associação Paraense de Engenheiros de Minas (Assopem), o projeto deverá empregar 443 pessoas na implantação. Segundo o levantamento da Assopem, as vagas são variadas e dezenas de cargos deverão ser preenchidos.

No próximo dia 10 de maio, Água Azul do Norte fará uma audiência pública para discutir o projeto e debater o Relatório de Impacto Ambiental (Rima). Ainda segundo a associação, os trabalhos na mina subterrânea de Pedra Branca vão acontecer em três turnos de seis horas cada. Já a planta de beneficiamento trabalhará em três turnos de oito horas cada.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.