Tribunal, Determinou a suspensão da greve e marcou audiência, para o dia 16 de março



Em entrevista coletiva dada na tarde do dia 27 de fevereiro de 2018 a prefeitura municipal de Canaã  informou a decisão do processo n° 0801067-73.2018.8.14.0000 onde o desembargador Luiz Gonzaga da Costa Neto declara a greve abusiva e determina imediatamente suspensão do movimento grevista e cobsequentemente retorno as suas arividades, sob pena de multa de R$ 3000,00( tres mil reais) por dia de descumprimento, ate o limite maximo de R$50.000,00 ( cinquenta mil reais)
Segundo procurador do municipio Dr. Hugo, o municipio ingressou com ação declaratória de ilegalidade e abusividade no dia 22 de fevereiro, depois de consulta ao TCM e o mesmo indicar ao município que já está quase no limite de gasto com folha e o aumento pode ocasionar improbidade administrativa.
Jeová Andrade falou sobre a necessidade que a sociedade tem em relação aos serviços publicos. Disse ainda que a mesa de negociação com a categoria continuará, tanto que está marcada para o dia 14 de março uma reunião com a categoria.
Hugo frizou que esta sendo encaminhado uma copia da decisão judicial para cada sindicato, para que tenham ciência e respeitem a decisão.  Também falou sobre uma audiencia de consolidação que esta marcada para o dia 16 de março no tribunal de justiça entre a prefeitura e sindicados. Frisou que o não cumprimento da decisão por parte dos grevista será prejudicial para categoria ja que terá  a audiência de conciliação.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.