Membro de igreja evangélica é preso suspeito de estuprar menores no Pará


 A Polícia Civil cumpriu na segunda-feira (19) um mandado de prisão preventiva contra um homem suspeito de estuprar crianças e adolescentes em Marabá, sudeste do Pará. Ele era membro de uma igreja evangélica, exercia a função de diretor de grupo de música e segundo as investigações se aproveitava da função para abusar sexualmente das vítimas durante os ensaios.
De acordo com a Superintendência Regional do Sudeste Paraense, uma das meninas que não aguentava mais os abusos denunciou ao pastor o caso no final de 2017. Mas, o dirigente da igreja apenas expulsou o suspeito da igreja e não o denunciou para as autoridades.
O crime chegou ao conhecimento da polícia após uma das vítimas ter procurado ajuda em um centro de saúde. Até o momento, já foram identificadas seis vítimas do ex-diretor de grupo musical da igreja, mas a polícia acredita que ainda tenham outras vítimas de abuso sexual.

Fonte: G1 Pará

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.