Executivo e Legislativo de Parauapebas avançam e convênios com a Vale devem ser assinados em março




“O povo tem pressa”! Foi com esta frase que o presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, vereador Elias da Construforte (PSB), iniciou mais uma reunião com representantes da Vale, na tarde desta quinta-feira (22), onde estiveram presentes o diretor administrativo da Casa de Leis, Edson Martins da Costa;  o vereador Luiz Castilho,o gerente de Relações Institucionais da Vale, Luiz Veloso; e o gerente de Relações com a Comunidade, responsável pela logística do Projeto S11D, Mauricio Cretella.


Durante o breve encontro, Elias da Construforte explanou sobre a grande importância do programa de mobilidade urbana que, diante da realidade da implantação do ramal ferroviário, o município tem que ter impactos mitigados imediatamente.

Sobre o Programa de Fortalecimento Institucional, que conta com várias medidas direcionadas à assistência social, ao meio ambiente e à educação, todas já foram amplamente discutidas pela equipe multidisciplinar do Executivo, conforme representantes da Vale.

Segundo Veloso, esses investimentos ficarão em torno de R$ 30 milhões e as obras devem iniciar o mais breve possível. “Tais projetos vão gerar emprego, renda, aquecimento no comércio local e mais qualidade de vida para a população”, afirma Elias da Construforte.

Avanço
Já na manhã desta sexta-feira (23), após diversas tratativas para conclusão e liberação dos convênios, outra reunião foi realizada, desta vez, com a presença do chefe de gabinete da prefeitura, Edson Boneti, representando o prefeito Darci Lermen, para acertarem os últimos detalhes, antes da assinatura do convênio.

Com todas as arestas aparadas, houve consenso sobre os projetos compensatórios que a Vale disponibilizará ao município. “Graças a Deus, avançamos muito nos últimos dias e em breve a cidade será compensada pelos impactos causados pelas obras e operação do ramal ferroviário em Parauapebas”, comemorou Elias, explicando que o próximo passo será marcar uma agenda com o Executivo para a concretização dessas ações.

O presidente da Câmara tem sido um forte aliado do Executivo e da população, principalmente na intermediação com a Vale para liberação de contrapartidas a que o município tem direito.

Prova disso foi a assinatura do convênio para a implantação de um campus da Uepa, com recursos em torno de R$ 20 milhões, e agora com esses novos convênios, cujos valores aportados chegam a R$ 30 milhões.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.